BM&A participa do festival BR135 em São Luís, no Maranhão


Do dia 28 a 30 de novembro, rolou em São Luís, no Maranhão, o festival BR135. O gerente da Brasil Música & Artes, Leandro Ribeiro, conferiu de perto a edição de 2019 do evento e participou, no dia 29, do painel sobre “Como trabalhar a internacionalização a partir do Nordeste”. André Bourgeois e João Severo, da Urban Jungle também estiveram neste mesmo momento mediado por Micaela Neiva, do festival COMA.

O BR135 chega em sua 8ª edição com shows, mercado de arte e gastronomia. A programação de apresentações reuniu um grupo com nomes de peso de convidados. Entre estes, Edgar, Xênia França, Potyguara Bardo, Attooxxa e Céu. Além desse time, o evento contou ainda com artistas selecionados por meio de um edital, com 600 inscritos. Eram estes: Preto Nando; Paulão; Vinaa Cláudio Lima e Romero Ferro; Orquestra Maranhense de Reggae e Dicy Rocha; Regiane Araújo e Otília Ribeiro; The Baggios (SE); Josyara (BA) e os DJs Dolores (PE); Juliana Alba (Itz) e Sue Krsteli.

Para Leandro, esta conexão com o Maranhão durante o painel e também nos shows, abre cada vez mais o leque de expectativas em relação à música brasileira no país: “apesar de o Brasil ser ainda um mercado em desenvolvimento, iniciamos um movimento há dois anos para que nossas empresas e artistas se desenvolvam cada vez mais e aproveitem essas oportunidades”, explica.

BR135

Entre os objetivos do festival está o fomento do mercado da música independente, a promoção do intercâmbio de experiências, e o movimento de colocar o Maranhão no mapa dos festivais, fortalecendo nas ações fora do eixo Rio-SP. As iniciativas da BR135, ações que contemplam dois eixos: o da Música, que reúne shows de bandas locais e nacionais que se destacam no cenário independente, e o de Formação, contemplado nas atividades do Conecta Música, com oficinas, painéis, roda de conversa e rodadas de negócios. As principais atividades foram realizadas no Casarão Tech (Rua da Estrela).