Grupo de 30 empresas prospecta mais de USD 1 milhão na Womex

Um grupo de 30 empresas brasileiras do mercado da música participou da Womex (the World Music Expo), em Las Palmas de Gran Canaria (Espanha) nos dias 24 a 28 de outubro. Os empresários prospectaram mais de USD 1 milhão e estabeleceram cerca de 500 contatos com profissionais relevantes do mercado da música brasileira, como Reino Unido, França, Canadá, Alemanha e Dinamarca.

A presença nacional foi comandada pelo Brasil Music Exchange (BME), projeto de internacionalização de música brasileira realizado por meio de parceria entre a Brasil, Música & Artes (BM&A) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).  A iniciativa na Womex conta ainda com apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio de Janeiro (Sebrae- RJ) por meio do Projeto Estrombo.

“A Womex é um dos principais eventos mundiais do mercado da música. Neste ano, organizamos várias ações de matchmaking com as delegações da França, Canadá e UK, incluindo festivais, casas de show e centros culturais ao redor do mundo, que geraram resultados expressivos”, comenta o gerente da BM&A, Leandro Ribeiro.

O coordenador de projetos setoriais de serviços e economia criativa da Apex-Brasil, Christiano Braga, verificou uma intensificação da relevância da delegação brasileira. “Neste ano, foi bastante promissor estar aqui, tanto pela renovação das empresas brasileiras, quanto pela consolidação de alguns artistas que vêm trabalhando conosco há algum tempo. Fiquei bastante impressionado com os resultados”, explicou.

Uma das principais atrações da delegação brasileira foi o showcase de Liniker e os Caramelows, que aconteceu no dia 27 de outubro, e também recebeu apoio do BME. Para Ricardo Rodrigues, da empresa Let’s Gig, que representa a banda, esse apresentação significa o fechamento de um ciclo de muito sucesso. “É a minha segunda participação na Womex. Vim pela primeira vez em 2016, também com o apoio do BME. Naquela ocasião fiz os contatos para fechar as primeiras incursões internacionais de Liniker e os Caramelows e, neste ano, o último show da nossa turnê pela Europa foi justamente aqui”, detalhou.

 Mais contatos e mais negócios

Anamaria Rigotto, da Casa de Fulô Produções, que representa os artistas Marco Lobo e Virgínia Rodrigues, sentiu uma potencialização dos negócios gerados. “Consegui falar com diversas pessoas que tinham realmente a ver com os artistas que represento. Todo o planejamento realizado anteriormente junto com a equipe do projeto foi essencial para o sucesso das rodadas de negócios. As rodadas de negócios permitiram o meu acesso a bookers e programadores de festivais, como Oslo Festival, Masala Jazz Festival, Sunfest do Canadá, entre outros”, finaliza.

A próxima edição da Womex acontece em outubro de 2019 na Finlândia.

Sobre o BME

O Brasil Music Exchange (BME) é um projeto de auxílio à exportação de música desenvolvido desde 2002 por meio de uma parceria entre a Brasil, Música & Artes (BM&A) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Para essa finalidade, o BME realiza diversas atividades de promoção de negócios e imagem internacional.