NOTÍCIA


​Festival Internacional de Jazz de Montreal: Bixiga 70 e Paulo Ramos REALIZAM APRESENTAÇÕES

04/07/2017



A 38ª edição do Festival Internacional de Jazz de Montreal, no Canadá, acontece entre 28 de junho e 8 de julho e reúne algumas atrações brasileira. Entre os artistas brazucas que fazem a festa por lá, estão o violinista e compositor Paulo Ramos, e a big band Bixiga 70.

Esses últimos se apresentaram duas vezes nesta segunda-feira (3) no palco principal. O primeiro show aconteceu às 21h e o segundo às 23h. Os rapazes colocam todo mundo para dançar ao som de música instrumental da melhor qualidade. No repertório, um mix canções autorais, como Primeiramente, composta para chamar a atenção sobre a situação política do Brasil, e clássicos como A morte do Vaqueiro, de Luiz Gonzaga.

Paulo Ramos realiza shows no Bateau-Mouche

Radicado em Montreal há mais de 30 anos, Paulo e seu quarteto fizeram três apresentações, em 28, 29 e 30 de junho. Com ele, estão os excelentes percussionistas Daniel Bellegarde, um haitiano canadense, e Fabrice Laurent, que dominam a linguagem do samba como poucos, e ainda a pianista Jessica Vigneault, filha de um ilustre compositor e poeta de Quebéc, Gilles Vigneault. Os shows foram em um barco (o Bateau-Mouche), que leva turistas de toda parte para uma viagem de três horas pelo rio Saint Laurent. “Fazemos esse passeio há quatro anos durante o festival e sempre tivemos um público caloroso, que respeita e admira muito a música brasileira”, comenta o artista.

No repertório, clássicos do samba e da bossa nova, além de composições próprias, especialmente de seu último álbum: Bossamba. O artista é irmão do também violonista Toninho Ramos, radicado em Paris. Toninho foi professor de muita gente boa no Brasil, incluindo o compositor paulista Eduardo Gudin.