NOTÍCIA


Vitoru Kinjo apresenta seu primeiro disco, KINJO

17/06/2017



KINJO (Matraca Records/YB) é o nome do disco de estreia do cantor, compositor e pesquisador nipo-brasileiro Vitoru Kinjo. No trabalho, que foi pré-lançado no Japão, no VI Worldwide Uchinanchu Festival, no final de 2016, ele apresenta nove canções autorais, vindas de um processo criativo entre a música brasileira, os cantos ancestrais, o regional e o global, o rural e o urbano. 

Conexão nipo-brasileira 

"KINJO é movido por uma utopia musical e sócio-pessoal na busca de um bem viver comum. Ele parte da imaginação sobre nossas raízes, sempre transculturais, mas ligadas ao presente e ao passado do mundo e da terra", aponta o artista. Concebido na Samauma Residência Artística Rural e gravado em São Paulo no estúdio Lebuá em parceria com a YB music (participante do BME) e o estúdio Arsis, o disco tem produção musical de Ivan Banho e Ivan Gomes, e direção artística de Vitoru Kinjo.

O grupo é formado pelos músicos Fernando Sagawa (sopros), Guilherme Kafé (violões), Ivan Banho (percussões), Ivan Gomes (baixo) e Moita Mattos (guitarra). O disco conta também com a presença dos artistas convidados Eduardo colombo (voz), Pedro Prado (bateria), Marina Beraldo (flauta e coro), Marco Rochael (clarone), Andre Fajersztajn (clarinete), Robin Gentien (guitarra), Tiago Viudes Barboza (voz poema) e a participação especial da cantora moçambicana Lenna Bahule. A mixagem e masterização são de Leonardo Nakabayashi (Shina), do Estúdio Banzai.