Amaro Freitas participa de novo disco autoral de Lenine

O pianista pernambucano Amaro Freitas é um dos convidados para compor “Lenine em trânsito”, que é o 13º álbum da carreira do cantor. Amaro faz parte do Brasil Music Exchange (BME), projeto de exportação de música brasileira realizado por meio de uma parceria entre a Brasil, Música & Artes (BM&A) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).


Conhecido como uma das maiores revelações brasileiras no jazz
, Amaro coloca o toque do piano na música “Lua candeia”, som criado pelo conterrâneo Lenine e pelo carioca Paulo César Pinheiro.
A canção foi divulgada há 17 anos por Margareth Menezes e entra pela primeira vez no repertório do cantor pernambucano.


O novo disco será gravado em sessão fechada no Centro Cultural João Nogueira, no Rio de Janeiro.

Sobre o BME

O Brasil Music Exchange (BME) é um projeto de auxílio à exportação de música desenvolvido desde 2002 por meio de uma parceria entre a Brasil Música & Artes (BM&A) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Para essa finalidade, o BME realiza diversas atividades de promoção de negócios e imagem internacional.